Vita Insights

Investimento em bolsa americana
deve permanecer no portfólio

Vita na Mídia

VALOR ECONÔMICO

Recomendação dos gestores é avaliar bem os ativos e focar no longo prazo

Por: Suzana Liskauskas – Para o Valor, do Rio

Publicado em: 30/08/2022

Em um dos mais conturbados períodos da história, a bolsa americana passou por sucessivas quedas no primeiro semestre deste ano. A volatilidade é puxada pelas incertezas em relação à escalada da inflação nos Estados Unidos e ao processo de elevação de juros conduzido pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) para conter a inflação.

Na análise de Guimarães, o investidor de longo prazo deve encarar as correções no preço dos ativos como característica dos ciclos de mercado. Ele explica que o mercado acionário americano deve ter sua volatilidade reduzida nos próximos meses. Apesar das incertezas sobre a inflação nos EUA e o patamar que os juros americanos podem alcançar, Guimarães diz que uma boa parte da correção de preços ocorreu no primeiro semestre.

“Para quem já tem sua posição em ações americanas bem dimensionada dentro do portfólio, não é hora de sair ou reduzir alocação. Para quem está montando um portfólio de longo prazo, esse é um momento interessante para iniciar a alocação destinada à fatia de bolsa americana. Dividir as compras ao longo dos mess pode ser uma boa estratégia.”

Ricardo Guimarães, sócio fundador e CEO da Vita Investimentos

Fonte: Valor Econômico

Outras publicações

O rei está nu

Artigo de Arthur Mello e Ricardo Guimarães, sócios da Vita Investimentos para o Valor Econômico....

Evolução do mercado de investimentos e

Como consultores estão ganhando espaço no setor...

Tags:

Vita Investimentos compra 20% da FH Advi

Vita na Mídia
EXAME INVEST...

Tags:

Reflexões Sobre Mercado e Portfólios

Carta Mensal
Novembro | Dezembro 2022...